Actualidade

Banco Mundial: África do Sul é o país mais desigual do mundo

manuelsumbo
Mar 11, 2022

A África do Sul é o país mais desigual do mundo e o aspecto racial é um dos factores determinantes, numa sociedade onde 10% da população detém mais de 80% da riqueza, segundo um relatório do Banco Mundial.

“A África do Sul, maior país da União Aduaneira da África Austral, é o mais desigual do mundo numa lista de 164 países”, disse a instituição em um documento intitulado “Desigualdades na África Austral”.

Relatórios anteriores também colocavam o país em primeiro lugar nessa categoria.

Trinta anos após o fim do apartheid, “a raça continua a ser um factor chave na elevada desigualdade na África do Sul devido ao seu impacto na educação e no mercado de trabalho”, explicou o Banco Mundial.

O fator racial é responsável pelos 41% de desigualdade de renda e 30% na educação.

“O legado do colonialismo e do apartheid enraizados na segregação racial e espacial continua reforçando as desigualdades”, aponta o estudo.

Outros países da África Austral, como Botswana, Esswatini, Lesoto e Namíbia, estão também no topo da lista, o que torna a região a mais desigual do mundo, segundo a instituição.

O gênero também desempenha um papel importante. Nessa região, as mulheres recebem em média 30% menos do que os homens com escolaridade equivalente.

Fonte: Guardião