Saúde

Campanha de vacinação contra sarampo arranca em Luanda

manuelsumbo
Out 04, 2022

A província de Luanda notificou 23 casos positivos de sarampo e as autoridades de saúde arrancaram com uma vacinação de bloqueio a menores dos seis meses aos cinco anos para travar o surto, que se regista sobretudo nos municípios fronteiriços.

Os 23 casos já registados são um sinal de alerta para as autoridades, o que justifica o início da vacinação de bloqueio em toda a província e que deve durar dez dias, avançou a coordenadora provincial do Programa Alargado de Vacinação (PAV) de Luanda, Felismina Neto.

“Em Luanda notificámos esses casos, nomeadamente oito no município de Cacuaco, oito em Viana, e os restantes nos municípios de Belas, Icolo e Bengo, Kilamba Kiaxi e no distrito urbano da Maianga”.

Os referidos municípios, explicou, cobrem o cinturão da capital angolana, zonas limítrofes de outras províncias e “isso faz com que a propagação da doença incida mais nestes sítios”.

Felismina Neto deu a conhecer também que as autoridades sanitárias de Luanda estão a reforçar a vacina de rotina nas unidades de saúde nos diferentes níveis, tanto na rede pública, como na privada e que há doses suficientes para a vacinação de bloqueio.

Lusa