Actualidade

China encerra 12 mil contas nas redes sociais que promoviam criptomoedas

armandomaquengo
Set 08, 2022

Além disso, mais de 51 mil mensagens contendo “informações ilegais” sobre como “investir em Bitcoin para ganhar dinheiro facilmente” foram apagadas.

A Administração do Ciberespaço da China encerrou , em Agosto, 12 mil contas nas redes sociais chinesas que promoviam investimentos em criptomoedas, cujas actividades foram declaradas ilegais pelas autoridades do país, noticiou jornal de Negócios.

De acordo com o portal de notícias económicas Yicai, o órgão regulador da Internet na China “continua a realizar uma campanha de alta pressão contra a especulação em criptomoedas”, no âmbito da qual exigiu que as plataformas Weibo ou Baidu (equivalentes locais do Twitter e Google).

Além disso, mais de 51 mil mensagens contendo “informações ilegais” sobre como “investir em Bitcoin para ganhar dinheiro facilmente” foram apagadas.

Mercado