Cultura

Cultura angolana espalhada pelo mundo através da E-Zomba

armandomaquengo
Jul 17, 2023

A Fundação Arte e Cultura (FAC), instituição filantrópica da Fundação Menomadin em Angola, em parceria com o Ministério da Cultura, tem lancado no mercado artístico cultural, desde o passado 29 de marco, o projecto de implementação do Acervo Cultural Digital E-Zomba.

Segundo a fundação o objectivo é promover e disponibilizar a cultura angolana a nível nacional e internacional.

O E-Zomba é um projecto adaptado à tecnologia avançada dos dias de hoje e tem como finalidade a “preservação do passado, acessibilidade no presente e promoção da pesquisa no futuro”. O projecto não apenas expõe a cultura angolana para o mundo, mas também torna as culturas ancestrais e novas acessíveis ao público em geral, segundo a Fundação Arte e Cultura.

Luís Rosa Lopes, um dos mentores da iniciativa E-Zomba, em declaração a Voz da América, disse que a motivação para a criação do Acervo Cultura Digital foi por conta da pouca informação disponível na Web em relação à Cultura Nacional.

A Fundação Arte e Cultura entende que o projecto lançado poderá fazer recolha das informações possíveis sobre as diversas obras discográficas, literárias, de escultura, pinturas e outros aspectos culturais do país. No website, disse Luís Rosa Lopes, vão ser arquivadas todas essas obras, desde as mais antigas até as mais recentes, de modo que o mundo conheça mais sobre a cultura nacional.

No E-Zomba será possível encontrar diferentes colecções musicais de todas as épocas, colecções de arte, registos de danças folclóricas de todos os tipos que caracterizam Angola, registos de peças teatrais e espectáculos de teatro.

Com a criação do Acervo Cultural Digital E-Zomba, espera-se que a cultura angolana seja mais valorizada e disseminada em todo o mundo, além de proporcionar oportunidades para talentosos artistas angolanos.