Politica

Deputados da UNITA impedidos de visitar Prisão do São Paulo

armandomaquengo
Out 12, 2022

Um grupo de deputados à Assembleia Nacional, afecto ao grupo parlamentar da UNITA, foi impedido, nesta quarta-feira, 12, de realizar uma visita de constatação das condições do Estabelecimento Prisional da Cadeia de São Paulo.

A segunda vice-presidente do grupo parlamentar da UNITA, Mihaela Webba, que encabeçou a comitiva, segundo Correio da Kianda, disse que a visita está enquadrada no programa das actividades de deputação, de entrarem em contacto com o povo.

De acordo com a deputada têm todo interesse de entrarem em contacto com os cidadãos que estão na prisão de São Paulo, quer seja os funcionários e a população reclusa, tendo sidos impedidos, o que segundo a também jurista, constitui uma violação à lei orgânica dos estatutos dos deputados e o regimento da Assembleia Nacional, “o que não se aceita num Estado democrático e de direito”.

Mihaela Webba garante que apesar de não serem permitidos efectuar a visita, vão realizar a mesma agenda na cadeia prisional de Viana, mas teme que sejam também barrados.

A parlamentar disse que os deputados da UNITA vão para as unidades penitenciárias “para fazer o mesmo papel enquanto representantes do povo”.

“É necessário que os Angolanos saibam que o grupo parlamentar da UNITA está ser impedido de realizar o seu trabalho”, disse, enfatizando que a UNITA fez um comunicado com antecedência desde dia 07 de Outubro para as referidas visitas às prisões do São Paulo e de Viana.