Economia

Diamantes vendidos ao preço de USD 250,2 por quilate

manuelsumbo
Jul 15, 2022

Angola exportou 1 914,1 mil quilates de diamantes, no primeiro trimestre deste ano, comercializados ao preço de 250,2 dólares norte-americanos, contra USD 191,8 do período homólogo.

Com este preço, há sinais de  recuperação no mercado mundial, depois da instabilidade registada em 2020, devido à pandemia da Covid-19.

A título de exemplo, em 2020, o preço/quilate no primeiro trimestre chegou a ser comercializado por USD 125,9, passando para USD 110,2 no segundo trimestre.

Com o volume exportado, no primeiro trimestre deste ano, foi arrecadado um valor de 479,1 milhões de dólares, de acordo com o mapa das exportações por categorias, consultado pela ANGOP, no website do Banco Nacional de Angola (BNA).

Em comparação com o período homólogo, observa-se um aumento do volume das receitas arrecadas, período em que foi encaixado 286,3 milhões de dólares, com a exportação de 1 493,2 mil quilates de diamantes ao preço médio de 191,8 USD.

Em 2021, a receita foi de 1 549 milhões de dólares, com a exportação de  8 716,6 mil quilates ao preço de  USD  177,8.

O país estima produzir, até Dezembro de 2022, cerca de 10,5 milhões de quilates de diamantes, estimados em 1,4 mil milhões de dólares, de acordo com dados avançados à imprensa, em Janeiro, desde ano, pelo presidente executivo da Endiama, José Ganga Júnior.