Actualidade

Eleições: Polícia impede aglomerações no Cazenga e detém jovens

armandomaquengo
Ago 29, 2022

No munícipio do Cazenga, em Luanda, onde deveria realizar-se uma conferência de imprensa de jovens que contestam resultados eleitorais, a Polícia ocupou o espaço e impediu aglomerações e até a presença de jornalistas.

Um dispositivo policial de cerca de duas dezenas de elementos concentrou-se esta segunda-feira junto do local onde estava agendada uma conferência de imprensa de ativistas para contestar os resultados eleitorais de 24 de agosto.

Membros do movimento Sociedade Civil Contestatária pretendiam apresentar a sua posição sobre “desenvolvimentos do processo eleitoral e a detenção de ativistas”, na sequência das eleições gerais. Mas a polícia ocupou o espaço e impediu aglomerações e até a presença de jornalistas.

“O tom no contacto com os jornalistas foi agressivo e ameaçador. Dizem ter indicação para impedir qualquer manifestação”, relata o enviado especial da DW a Luanda. “Obrigaram a comunicação social presente a sair do local”, acrescenta António Cascais.

Há informações de que foram detidos 36 jovens que pretendiam participar em manifestações. Vão a julgamento sumário esta segunda-feira.