Actualidade

Ex-funcionário do BPC detido por descontar três milhões e 350 mil kwanzas de cliente falecido

joaquimjose
Ago 29, 2022

Um ex-funcionário da agência do Banco de Poupança e Crédito (BPC), no município de Calandula, província de Malanje, foi detido por subtracção indevida de três milhões e 350 mil kwanzas, na conta de um cliente, falecido.

Segundo o Jornal de Angola, citado pela Angop, o porta-voz em exercício do SIC, Eusébio Santos, informou, este domingo que o crime ocorreu em 2018, ano em que o acusado ainda trabalhava no referido banco, tendo três anos depois sido desvinculado, no âmbito da reestruturação do BPC. O ex-funcionário foi detido, sábado, por pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC), sob suspeita de subtracção indevida de três milhões e 350 mil kwanzas, na conta de um cliente, falecido.

Para consumar o furto, o acusado, de 37 anos, falsificou documentos do cidadão, que faleceu em 2010.

O responsável fez saber que as investigações prosseguem, por haver suspeita de que tenham lesado mais clientes.  O ex-funcionário bancário será encaminhado, hoje, ao Ministério Público (MP), para o primeiro interrogatório.

Acrescentou que esta é a segunda detenção de funcionários de bancos em Malanje. A primeira ocorreu em Janeiro, onde esteve implicado o subgerente do Banco de Comércio e Indústria (BCI), por subtracção de 20 milhões de kwanzas de contas de clientes.