Politica

Executivo aprova financiamento para partidos políticos legalmente constituídos

manuelsumbo
Mai 13, 2022
O chefe de estado aprovou um financiamento extraordinário para os 11 partidos políticos legalmente existentes no país, no valor de 882 milhões, 643 mil e 740 kwanzas.

A informação foi avançada nesta quinta-feira, em conferência de imprensa, pelo ministro de Estado e Chefe da Casa Civil do Presidente da República, Adão de Almeida, após um encontro com os partidos políticos com assento parlamentar.

Segundo o ministro de Estado, no quadro desse financiamento extraordinário, cada partido político legalmente constituído vai receber, nos próximos dias, cerca de 82 milhões, 240 mil e 340 kwanzas. Na ocasião o responsável avançou ainda que este valor, não tem a ver com um financiamento para a campanha eleitoral.

Partilhamos, com os partidos políticos, uma decisão em execução do Presidente da República, que aprova e define o financiamento extraordinário para cada um dos 11 partidos políticos legalmente existentes nessa altura”, expressou.

Adão de Almeida esclareceu, por outro lado, que o financiamento dos partidos políticos para a campanha eleitoral será definido após a aprovação das candidaturas pelo Tribunal Constitucional (TC).

O ministro de Estado e Chefe da Casa Civil do Presidente da República fez saber que as responsabilidades do Executivo no que diz respeito ao processo eleitoral estão a ser cumpridas de modo rigoroso, pontual e acertado.