Cultura

Grupo de teatro Affro Thèâtro apresenta ‘Ekatombe’ no Festneto

joaquimjose
Out 05, 2022

As diversas mudanças linguísticas e estéticas no português, a culinária, costumes e a religião, são tratadas na peça ‘Hecatombe’, encenada por Pinto Nsimba, apresentada hoje, no Centro Cultural Dr. António Agostinho Neto, em Catete, no município do Icolo e Bengo.

A peça dirigida por Pinto Nsimba estará em cena a partir das 17 horas, conta com nove actores, e estreou no passado mês de Setembro, no Circuito Internacional de Teatro, onde foi galardoado com os troféus de Melhor Cenário e Pinto Nsimba como Melhor Encenador.

‘Ekatombe’ é uma narrativa sobre os povos e línguas do continente berço, em que as raízes das civilizações são intensas e a cultura entrelaça-se com as práticas do quotidiano.

O texto é de criação colectiva e inspirado em recolhas do projecto da Ubunto e Mbote, na sequência de um trabalho de fim do ciclo de mestrado”, explicou Pinto Nsimba, citado pelo Jornal de Angola. Acrescentado que é uma reflexão sobre a personalidade e emancipação africana, inconcebível fora da identidade cultural africana, que leva os apreciadores das artes cênicas e dramáticas a meditar os supracitados aspectos inexplicáveis fora da identidade cultural africana.

A cultura africana, continuou, é continuamente celebrada nos valores, crenças, costumes, tradições, danças e canções, nas práticas rituais, cultos aos ancestrais, e no continente plural, marcado por diversidade étnica.

O espectáculo dramático “Ekatombe”, é a proposta artística da programação do Festineto, que decorre até sábado.

Sobre a programação do Festineto, o Centro Cultural Dr. António Agostinho Neto, em Catete, acolhe, amanhã, às 10h00, no anfiteatro, actividades culturais e recreativas e lúdicas dirigido a criação e a exibição de filmes.

No período da tarde, será apresentado o espectáculo “Pão da Memória”, sobre a vida e obra de Agostinho Neto, pelo colectivo de artes Feloma Musanzala, do município do Cazenga.

Na sexta-feira, às 10h00, o espaço será reservado para uma conferência subordinada ao tema “A expressão da juventude sobre Agostinho Neto: Referências e Influências, para a Construção da Nação”, seguido do “Ritual Kilamba-Cultura e Artes”, com os sobas da região de Icolo e Bengo, às 15h00.

Um concerto musical, com várias vozes do mosaico artístico nacional, está agendado para sábado, às 18h00, no pátio do Centro Cultural Dr. António Agostinho Neto, naquela que será a actividade de encerramento do Festineto 2022.