Actualidade

Guerra na Ucrânia: Mais de 1 milhão de pessoas fugiram da Ucrânia em busca de refúgio

manuelsumbo
Mar 03, 2022

O número de pessoas fugindo da Ucrânia pela invasão da Rússia superou 1 milhão, o êxodo de refugiados mais rápido neste século, disse a ONU.

O bombardeio pesado de áreas urbanas, incluindo a capital Kiev, continua, enquanto unidades aerotransportadas russas desembarcaram em Kharkiv após vários bombardeios no centro da cidade no dia anterior, que o governador regional disse ter morto pelo menos 21 pessoas.

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskyy, disse na manhã desta quinta-feira que os combates estão afectar moral dos soldados russos. “Estas são crianças confusas que foram usadas”, disse ele.

Por outro lado, A Fitch Ratings rebaixou a classificação de crédito da Rússia, citando um “severo choque” nas condições fundamentais devido à invasão da Ucrânia.

A Fitch afirmou que a guerra aumentou os riscos para a estabilidade financeira e pode minar a capacidade da Rússia de pagar a dívida do governo.

Isso, por sua vez, enfraquecerá as finanças do país e desacelerará sua economia, aumentando ainda mais os riscos geopolíticos e a incerteza, disse.

A Moody’s também afirmou nesta quinta-feira que o escopo e a gravidade das sanções “foram além das expectativas iniciais da Moody’s e terão implicações materiais de crédito”, juntando-se à S&P, que também baixou seu rating para negativo na semana passada.

Além disso, os provedores de índices FTSE Russell e MSCI decidiram remover as acções russas de todos os seus índices na quarta-feira, depois que especialistas consideraram o mercado do país “não investível”.