Actualidade

Hamilton Cruz diz ser vítima de ameaças depois de se demitir da TPA

manuelsumbo
Set 01, 2022

O jornalista angolano, Hamilton Cruz, revelou ao  Expresso que está a ser vítima de ameaças, depois de se ter demitido por recusar seguir ordens superiores em benefício do MPLA. “

A história começou no início de junho de 2022, quando Hamilton Cruz se candidatou aos castings e testes de admissão aos quadros do novo canal da Televisão Pública de Angola (TPA), que se dedicaria exclusivamente à produção de notícias 24 horas por dia.  De início, contou o jornalista ao Expresso, decidiu concorrer para descobrir por que motivo a TPA prestava um mau serviço público.

O balde de água fria surge na noite em que encerraram as assembleias de voto das eleições, quando Hamilton Cruz, que era pivô no canal, quis recusar-se a divulgar uma sondagem. O jornalista disse que teve medo porque havia “uma movimentação de polícias e seguranças com armas”.

No dia seguinte demitiu-se, mas desde então diz que já foi ameaçado duas vezes. Vive amedrontado, contou ao Expresso, e com receio de represálias.

“Estou a viver com medo pelo que sei da podridão da TPA”.

Hamilton Cruz, de 31 anos, trabalhou também para a ZAP Viva, onde era coordenador de programa, editor e pivô no departamento de informação. Passou pelo semanário económico angolano “Expansão” e frequentou um estágio na redação de informação da SIC Notícias.