Saúde

Hospital de Bula Atumba é inaugurado em Novembro

joaquimjose
Out 31, 2022

O Hospital Regional de Bula Atumba, na província do Bengo, cujas obras de construção e apetrechamento estão avaliadas em mais de dois mil milhões de kwanzas, pode ser inaugurado no dia 11 de Novembro, em saudação à Independência Nacional, avançou, na localidade, a governadora provincial.

Maria Nelumba, que no município de Bula Atumba visitou as obras enquadradas no Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM), garantiu que as obras do Hospital Regional estão finalizadas e que a sua inauguração está apenas dependente da conclusão dos trabalhos de apetrechamento.

“Estamos a prever fazer a inauguração deste hospital no dia 11 de Novembro. Falta acertar pequenas coisas. Devemos, antes, terminar o apetrechamento. Isso é algo que precisamos de cumprir para que seja possível inaugurá-lo no dia da nossa Independência Nacional”, previu.

Com capacidade para internar mais de 200 pacientes, a nova unidade hospitalar vai colocar à disposição dos utentes serviços de Cirurgia, Oftalmologia, Hemoterapia, Ortopedia, Pediatria, Maternidade, Estomatologia, Raio-x, Otorrinolaringologia, Urologia, Imagiologia, Análises Clínicas, Farmácia, entre outros. Devido à sua localização geográfica, o Hospital Regional de Bula Atumba vai beneficiar mais de 25 mil habitantes da região do triângulo, formada pelos municípios dos Dembos, Pango Aluquém e Bula Atumba, incluindo cidadãos residentes em várias localidades vizinhas, pertencentes à província do Cuanza-Norte.

“É uma imponente obra, que o povo deve orgulhar-se e cuidar melhor”, apelou a governadora Maria Nelumba.

Ainda em Bula Atumba, Maria Nelumba visitou, quinta-feira, as obras de construção de um posto médico e um centro de saúde, na comuna do Gombe do Bula. Cada uma das unidades terá capacidade para internar 14 doentes. “Qualquer uma das obras está com 65 por cento de execução. Falta um pouco mais de financiamento para a conclusão das mesmas. A qualidade das obras é boa”, reconheceu.

Maria Nelumba avançou que as preocupações apresentadas, para permitir a conclusão das referidas obras, já se enquadram no pacote do PIIM. “É um assunto que já está sob a responsabilidade do Governo, junto da direcção financeira”, explicou. Anunciou que, até Março do próximo ano, a população vai beneficiar de melhores serviços.

JN