Actualidade

INE estima que Taxa de desemprego reduziu para 30,8% no 1° trimestre de 2022

armandomaquengo
Mai 30, 2022

Um estudo do Instituto Nacional de Estatística (INE), avança que mais da metade 55,5% da população empregada encontra-se na agricultura, produção animal, caça, floresta e pesca, seguido do comércio por grosso e a retalho com 17,8%.


Por: Armando Maquengo
De acordo com os dados tornados públicos, revelando o Inquérito ao Emprego em Angola (IEA), divulgados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE). a taxa de desemprego no País, reduziu para 30,8% no primeiro trimestre de 2022.

Indicam igualmente que, comparando com o trimestre anterior, houve uma redução de 2,1 pontos percentuais (pp), ao sair de 32,9% no último trimestre de 2021 para os actuais 30,8%.

“Ainda no período em análise, o número de desempregados foi de 4 995 991, que representa uma redução de 6,6% quando comparado com o quarto trimestre de 2021. Em termos homólogos, o número de desempregados aumentou 5,3% ao sair de 4 744 020 para 4 995 991”, conforme se pode ainda ler.

Por outra, as estatísticas do INE apontam para redução de 57,2% da taxa de desemprego, com maior realce na camada juvenil, entre os 15 aos 24 anos de idade, no primeiro trimestre de 2022.

“A taxa de emprego na área urbana foi de 80,4%, enquanto na rural 51,4%. Mais da metade 55,5% da população empregada encontra-se na agricultura, produção animal, caça, floresta e pesca, seguido do comércio por grosso e a retalho com 17,8%”, lê-se ainda.

Assim, a taxa de emprego em Angola no primeiro trimestre de 2022, segundo ainda o estudo do Instituto Nacional de Estatística (INE), foi de 62,5%.