Politica

João Lourenço anuncia construção de projectos de desenvolvimento

armandomaquengo
Ago 15, 2022

O presidente do MPLA, João Lourenço, anunciou, neste domingo, 14 de Agosto, a construção de um Pólo de Desenvolvimento de Rochas Ornamentais, na cidade de Moçâmedes, província do Namibe, um importante projecto que vai contribuir para a obtenção de divisas e não só, alargando as receitas do Estado.

Ao discursar no acto político de massas em Moçâmedes, a 9 dias do pleito eleitoral, o candidato do MPLA a Presidente da República sublinhou que se trata de um investimento público que vai valorizar “estes” produtos de exportação, e, ao mesmo tempo, converter-se em grande fonte de divisas para os cofres do Estado.

No acto que teve lugar no Largo do Instituto Superior Politécnico Gregório Semedo de Moçâmedes, o líder do MPLA, que se fazia acompanhar da esposa Ana Dias Lourenço, referiu que as rochas ornamentais, que servem para a construção civil e o consumo interno, constituem, além do petróleo e outros produtos de exportação, fontes importantes para obtenção de receitas (divisas).

Namibe, recordou, é conhecida, também, como a terra das indústrias extractivas, forte na produção de mármore e granito, assim como de outras “pedras” ornamentais.

João Lourenço, que foi interrompido, por várias vezes, pelos militantes, amigos e simpatizantes que queriam manifestar apreço e proferir palavras de encorajamento ao líder, anunciou a construção de raiz da estrada Moçâmedes/Baynes, que vai interligar a província do Namibe à vizinha República da Namíbia.

Para o candidato do MPLA, a construção desta via de grande importância, além de servir as populações, tem como objectivo promover a construção do aproveitamento hidráulico de Baynes, considerando um “grande projecto energético, que será construído entre Angola e a Namíbia”.

A Barragem de Baynes sobre o rio Cunene, acentuou, vai fornecer energia a Angola e à Namíbia. Trata-se de um projecto bi-nacional, que, uma vez concluído, vai reforçar a capacidade de fornecimento de energia na região Sul do país, em particular para as províncias do Namibe e do Cunene.

JA