Politica

João Lourenço defende reacção vigorosa contra actos de terrorismo

armandomaquengo
Out 24, 2022

O Chefe de Estado angolano, João Lourenço, defendeu, esta segunda-feira, em Dakar, Senegal, uma reacção vigorosa contra os actos de terrorismo e mudanças inconstitucionais em África, assente numa política de tolerância zero relativamente às instituições e figuras saídas de golpes de Estado.

Ao discursar na 8.ª edição do Fórum Internacional de Dakar sobre Paz e Segurança em África, o estadista angolano referiu que o terrorismo e as mudanças inconstitucionais, em África, nem sempre tem encontrado uma vigorosa resposta para desencorajar a continuação de tais práticas que, como sublinhou, violam, gravemente, a Carta da União Africana, a Constituição e os princípios básicos da democracia dos países em causa.

“Está prática não constitui solução para nenhum problema interno que prevaleça em cada um dos nossos países, devendo, por isso, merecer de todos uma reacção vigorosa, assente numa política de tolerância zero relativamente às instituições e figuras saídas de golpes de Estado”, salientou João Lourenço.