Desporto

Luís Filipe Vieira condenado a pagar 7,5 milhões de euros

joaquimjose
Out 28, 2022

O antigo presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, foi condenado pelo Tribunal Cível de Lisboa a pagar ao Novo Banco (NB) uma dívida do Grupo Promovalor superior a 7,5 milhões de euros.

A dívida, segundo noticia o Correio da Manhã, diz respeito a uma livrança que Luís Filipe Vieira e a mulher assinaram, na altura da constituição do fundo FIAE em 2017, para garantir o pagamento de juros dos créditos que o Novo Banco herdou do BES. Sendo relativa a juros, a dívida prescrevia ao fim de cinco anos, mas foi introduzida uma cláusula a prever que o Novo Banco pudesse exigir o pagamento da dívida a todo o tempo.

Ainda de acordo com o CM, o ex-presidente do Benfica contesta esta decisão em primeira instância e recorreu dela para o Tribunal da Relação de Lisboa, alegando que o prazo para o pagamento da dívida termina apenas no final de 2032.