Actualidade

Mil hectares de vegetação no Parque da Quiçama destroem após incêndio

joaquimjose
Set 26, 2022

Cerca de mil hectares de vegetação seca ficaram destruídos, no princípio da tarde de sábado, após um incêndio deflagrado no interior do Parque Nacional da Quiçama, em Luanda.

“O sinistro de grandes proporções iniciou às 18 horas e foi extinto às 22 horas do mesmo dia”, disse o porta-voz do comando provincial do Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros (SNPCB), intendente Faustino Minguês, em declarações hoje, segunda-feira à ANGOP.

Apontou o fogo posto como presumível causa do incêndio, que contou com 35 efectivos para a sua extinção, entre especialistas dos bombeiros, fiscais do parque, Polícia Nacional e da administração local.

Informou que há dias registaram acções idênticas, ou seja, caçadores atearam fogo no interior do parque com o objectivo de afugentar os animais até nas zonas onde colocam as armadilhas, facto que preocupa os bombeiros, por ser a terceira vez, neste ano, num período de seis meses.

Na última semana, 12 cidadãos foram detidos na região em flagrante delito, por práticas de fogo postos e desmatação. Até ao momento não foi registada morte de animais.

O Parque Nacional da Quiçama está localizado na comuna do Cabo Ledo, cerca de 100 quilómetros a sul do centro da cidade de Luanda, um dos principais pontos de acesso à EN-100.

Está situado numa área de nove mil e 600 quilómetros quadrados, tendo o rio Kwanza a norte e o Longa a sul.