Actualidade

Milhares de famílias no Cunene beneficiam de apoio social

joaquimjose
Abr 13, 2022

Vinte e oito mil e 500 agregados familiares dos municípios do Curoca e Ombadja, no Cunene, receberam 810 milhões e 84 mil kwanzas, desde Julho de 2020, na fase piloto e de expansão do Programa de Fortalecimento da Protecção Social Kwenda.

Em declarações à ANGOP, hoje, quarta-feira, o director provincial do Fundo de Apoio Social (FAS) no Cunene, Eduardo Silunda fez saber que no total o programa Kwenda vai beneficiar, nestes municípios, 42 mil e 717 agregados familiares em situação de vulnerabilidade.

Estão a criar condições técnicas, para começar a pagar os seis mil agregados familiares do Curoca, correspondente à segunda tranche que os beneficiários têm por direito de receber 25 mil e 500 kwanzas, por trimestre”, salientou.

Lembrou que mil e 17 agregados familiares da fase piloto, que decorreu em Julho de 2020, na comuna do Xangongo, em Ombadja, já receberam quatro tranches.

O programa trouxe muitos benefícios não só do ponto de vista da segurança alimentar, mas também na literacia financeira, porque consegue-se notar nas pessoas outras responsabilidades nos diálogos comunitários”, considerou.

O programa de transferências monetárias, continua a decorrer na comuna de Ombala Yo Mungo, no município de Ombadja, onde estão a ser pagos 700 agregados familiares, que haviam ficado fora do pagamento anterior.

Durante a fase de expansão, no município de Ombadja, foram recadastrados 14 mil agregados familiares, nas 47 aldeias, que até o mês de Maio, vão receber os seus valores.

O programa prevê, durante três anos, beneficiar um milhão e 608 famílias, em todo país, sendo que conta com o financiamento global de USD 420 milhões (320 atribuídos pelo Banco Mundial e 100 milhões pelo Executivo).

O Kwenda abrange quatro componentes: Transferências Sociais Monetárias; Inclusão Produtiva; Municipalização da Acção Social e, por último, o reforço do Cadastro Social Único.