Desporto

Ministério Público da Espanha pede dois anos de prisão para Neymar

manuelsumbo
Jul 27, 2022

O jogador PSG será julgado em outubro, com as autoridades fiscais alegando que Neymar evitou impostos após sua mudança do Brasil para Espanha.

As autoridades fiscais espanholas pretendem condenar Neymar a dois anos de prisão e também exigem 10 milhões de euros de indemnização ao jogador.

Segundo o El Pais, a audiência acontecerá no dia 17 de outubro em Barcelona.

A promotoria acredita que uma quantia de 8,4 milhões de euros foi sonegada em impostos durante a transferência de Neymar do Santos para o Barcelona .

Além do pedido do Tesouro, a empresa brasileira DIS, que afirma ser proprietária de 40% dos direitos do jogador (comprado quando ele tinha 17 anos), também pede que o jogador cumpra cinco anos de prisão, além de exigir o reembolso de 150 milhões de euros.

Além de Neymar, também são acusados ​​seus pais, dois ex-presidentes do Barcelona – Sandro Rosell e Josep Maria Bartomeu -, ex-técnico do Santos e do Barcelona como entidade.

Segundo informações do El Pais, o fisco pede uma pena de dois anos de prisão para o pai de Neymar e um ano para a mãe.