Desporto

MINJUD quer inserção de jogos tradicionais no sistema de ensino

armandomaquengo
Mai 26, 2022

O Ministério da Juventude e Desportos (MINJUD) pretende a implementação de jogos tradicionais angolanos no sistema de ensino do I e II ciclo do ensino secundário, informou, esta quarta-feira, o secretário de Estado para os Desportos, Carlos Almeida.

Os jogos tradicionais fazem parte da cultura popular, expressam a produção espiritual de um povo em determinada época histórica.

Em Angola os jogos tradicionais mais relevantes são: toca e finta, cassumbula, salta a corda, buraca, barra de lenço, esconde- esconde, stop e o Kiela.

Segundo Carlos Almeida, que falava no encontro sobre “O resgate dos jogos tradicionais angolanos”, refere angop, a inserção dos jogos tradicionais nas escolas visa a promoção das actividades e a preservação da herança histórica da cultura angolana.

Adiantou que actualmente o sector está a trabalhar na recolha de informações sobre o nome dos jogos tradicionais, de quantos existem e quais são praticados, para se criar uma base de dados.

Por sua vez, o vice-governador de Luanda para o sector Político e Social, Dionísio da Fonseca, sublinhou que em 1999 teve início, em todo o país, um movimento para a massificação dos jogos tradicionais angolanos.

O vice-governador explicou que os jogos tradicionais contribuem na divulgação da cultura dos povos e no desenvolvimento físico e psicológico das crianças, por isso, há um grande interesse nacional do resgate dessas actividades nas escolas.

 “Temos uma herança tradicional e não queremos que isso se perca, porque os nossos antepassados deixaram essa herança e devemos preservar”, realçou.

Por outro lado, o chefe do departamento cultural do governo provincial de Luanda, Domingos Lopes defendeu a realização anual de conferências e festivais de jogos tradicionais.

“É necessário catalogar os jogos tradicionais, reunir professores, investigadores e pesquisadores para a propagação e difusão das actividades”, disse.

Com objectivo da criação de sinergias para a massificação dos jogos tradicionais, o encontro, que contou com a participação de representantes dos ministérios da Educação, dos Desportos, do Governo Provincial de Luanda e alunos do I e II ciclo do ensino secundário, visou a divulgação e demonstração dos jogos tradicionais praticados na cidade capital.