Saúde

MINSA reforça segurança epidemiológica da meningite

armandomaquengo
Set 02, 2022

A ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta, assegurou, nesta quinta-feira, a intensificação das campanhas de vacinação contra meningite, com objectivo de reforçar a segurança epidemiológica desta doença na província do Huambo.

A governante, que falava no final de uma visita de constatação sobre o funcionamento do sector nesta região do país, segundo Angop, disse estarem já criadas as condições para o início, em breve, da campanha de vacinação de todos os menores de 15 anos.

“No Huambo, em particular, pretendemos trabalhar na prevenção, por via da vacinação, com objectivo de reforçar a segurança epidemiológica, numa altura em que apresenta um quadro bastante preocupante, mas não alarmante”, acrescentou a ministra da Saúde.

Paralelamente, disse, o ministério vai apostar no reforço diagnóstico, da vigilância laboratorial e do tratamento adequado dos casos de meningite, depois da província do Huambo ter registado 24 casos, na sua maioria graves, em apenas um mês (Agosto).

Informou que se encontra na província do Huambo uma equipa multidisciplinar do Ministério da Saúde e da Organização Mundial da Saúde, que se vai encarregar da formação em vigilância laboratorial e epidemiológica, gestão de casos e formas correctas de recolha das amostras.

Acrescentou que a formação vai ser dirigida a médicos, enfermeiros e técnicos de diagnóstico e terapêutico de várias unidades sanitárias província do Huambo.

Apesar do quadro preocupante, Sílvia Lutucuta tranquilizou a população, ao assegurar que a província possui condições suficientes para o tratamento médico/medicamentoso de casos de meningite.

Dados do gabinete local da Saúde indicam o diagnóstico, entre Janeiro e Junho deste ano, de 151 casos de meningite, dos quais 81 resultaram em óbitos.

Durante a sua estada no Planalto Central, a governante radiografou o funcionamento do sector com o foco nas áreas de pediatria, farmácia e laboratórios, bem como a prontidão da província em termos de diagnóstico e tratamento de meningite.

Deslocou-se, igualmente, aos hospitais Sanatório, Geral, municipais do Huambo e da Caála, aos centros de saúde das centralidades Fernando Faustino Muteka e do Lossambo, ao depósito de medicamento central, para além de ter concedido audiências conjuntas aos responsáveis destas unidades sanitárias e o director do gabinete provincial da Saúde.