Actualidade

Mulher operada de urgência após engolir zaragatoa de teste à Covid-19

manuelsumbo
Mai 17, 2022

A mulher britânica conta como ficou a temer pela sua vida depois de um exame doméstico à Covid-19 não ter corrido como esperava.

Bobby Lee, de 31 anos, decidiu fazer um teste à Covid-19 em casa depois de se ter sentido doente.

“Quando esfreguei a parte de trás da minha garganta, [o cotonete] ficou preso”, recorda a mulher, revelando que foi um momento “realmente assustador”.

Sem conseguir retirar a zaragatoa – que ficou presa na garganta e no céu da boca – a mulher diz não ter tido outra opção se não tentar engoli-lo. Contudo, o utensílio acabou por ficar preso a meio caminho.

A mulher, com a ajuda da filha, acorreu às urgências do hospital, onde os médicos confessaram nunca ter vivenciado uma situação semelhante, reporta o Wales Online.

A equipa acabou por operar Bobby de urgência, usando uma câmara para perceber como é que a zaragatoa estava alojada na garganta e conseguir retirá-la em segurança. Segundo a mulher, esta teve que ser novamente retirada pela boca, uma vez que se fosse parar aos intestinos, havia o risco de o cotonete perfurar-lhe o órgão.

Recorde-se que , em janeiro, e apesar de ainda não ter detectado nenhum caso semelhante no país, o regulador do medicamento norte-americano (Food and Drug Administration, FDA) aconselhou os norte-americanos a fazer autotestes que incluíssem apenas o teste de cotonete no nariz.