Actualidade

Pelo menos 14 mortos em dois atentados no norte do Burkina Faso

manuelsumbo
Nov 23, 2022

Pelo menos quatorze pessoas foram mortas na segunda-feira em dois ataques separados de grupos jihadistas no norte de Burkina Faso.

A informação foi prestada pelas autoridades locais à imprensa. “Indivíduos armados atacaram na madrugada de segunda-feira a aldeia de Safi, localizada na comuna de Boala, perto de Kaya (centro norte). oito membros”, disse à AFP uma fonte de segurança.

No mesmo dia, perto de Markoye, na província de Oudalan, no nordeste, indivíduos armados mataram seis civis e levaram veículos e outros bens”, acrescentou a fonte de segurança.

“Os terroristas sequestraram três jovens na estrada Salmossi-Markoye, que mais tarde foram encontrados mortos no mato durante o dia (segunda-feira)”, disse um familiar das vítimas contactado pela AFP.

Desde 2015, Burkina Faso tem sido regularmente mergulhado em luto por ataques jihadistas cada vez mais frequentes que mataram milhares e forçaram cerca de dois milhões de pessoas a fugir de suas casas.

Esses ataques aumentaram nos últimos meses, principalmente no norte e leste do país.

Este foi o segundo golpe de estado em Burkina Faso em oito meses, e todas as vezes os líderes do golpe citaram a deterioração da situação de segurança.

Em 24 de janeiro, soldados liderados pelo tenente-coronel Damiba derrubaram o presidente Roch Marc Christian Kaboré, acusado de frouxidão diante dos ataques jihadistas.