Economia

Petróleo desvaloriza com receios da China

armandomaquengo
Set 13, 2022

O petróleo está a desvalorizar ligeiramente, numa altura em que os investidores estão focados numa possível redução do consumo na China, o maior importador de crude do mundo, noticiou o mercado.

Em Londres, o Brent do Mar do Norte, que é a referência para as exportações angolanas , perde 0,16% para 93,85 USD por barril.

Já o West Texas Intermediate (WTI), “benchmark” para os Estados Unidos, negoceia na linha de água e recua 0,03% para 87,75 USD por barril.

Ao mesmo tempo, tanto o Morgan Stanley, como o UBS cortaram as perspectivas de preço do petróleo para o resto ano em 15 dólares por barril, justificando com os frequentes confinamentos na China, ao mesmo tempo que se aproxima uma recessão nas maiores economias do mundo.

Entretanto, o Brent do Mar do Norte, que é a referência para as exportações angolanas, perde 0,16% para 93,85 USD por barril.