Politica

Presidente João Lourenço honra heróis da independência

armandomaquengo
Nov 11, 2022

O Presidente da República, João Lourenço, rendeu homenagem aos heróis da pátria, em Cerimónia de Hastear da Bandeira Monumento, por ocasião do 47° aniversário da proclamação da Independência Nacional, que hoje (sexta-feira) se assinala.

O hastear da bandeira monumento, no átrio do Museu Nacional de História Militar, homenageia também os cidadãos que contribuíram para a Independência Nacional, paz e  progresso de Angola.

Acompanhado da primeira-dama, Ana Dias Lourenço, o Presidente João Lourenço passou em revista as forças de defesa e segurança, testemunhou o entoar do hino nacional.

Içada num mastro de 75 metros de altura, a bandeira, com 18 metros de comprimento e 12 de largura, pesa 40 quilogramas.

À margem do acto, a Presidente da Assembleia Nacional, Carolina Cequeira, disse serem 47 anos de glória e de orgulho nacional, que obrigam os angolanos a preservar a unidade nacional.

Carolina Cequeira sublinhou que no quadro do 11 de Novembro Angola e os angolanos são chamados valorizar o esforço colectivo, para a promoção do desenvolvimento sustentável e o bem-estar.

Presente no acto, o Presidente do Tribunal Supremo, Joel Leonardo, transmitiu aos angolanos uma mensagem de paz e de esperança no futuro.

Na ocasião, a vice-presidente do MPLA, Luísa Damião, considerou 47 anos de muitas conquistas nos domínios político, económico e social.

“Os angolanos devem continuar a trabalhar por uma Angola mais democrática, incluisva e mais moderna”, expressou a dirigente.

Entre as conquistas alcançadas por Angola nesses anos de independência,
Luísa Damião destacou a igualdade do género prevista na lei, a liberdade de imprensa e a construção de várias Infra-estruturas.

O presidente da UNITA, Adalberto da Costa Júnior, afirmou, na ocasião, que a independência resulta de percursos de sangue e luta dedicados ao país.

Sublinhou a necessidade da preservação da Independência Nacional exigir dos angolanos coesão nacional, dedicação e muito trabalho.

A líder do Partido Humanista de Angola (PHA), Florbela Malaquias, afirmou ser um dia de reflexão, ao mesmo tempo que apela aos angolanos para a contínua busca pelos ideais da independência.

Para o presidente do PRS, Benedito Daniel, o país vive hoje um dia de alegria, união. Notou que “nada é mais importante para um povo que a sua liberdade”.

Bendito Daniel referiu que apesar de se ter uma nação por construir e uma sociedade por edificar, o grande ganho foi a conquista da liberdade.

Angop