Actualidade

“Quebrar a NATO” seria “vitória” para Putin – diz Joe Biden

armandomaquengo
Jul 11, 2023

O Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, defendeu hoje que é importante que a Aliança Atlântica “continue unida”, quando para o Presidente russo, Vladimir Putin, uma vitória seria “quebrar a NATO”.

“Acho que o Presidente Putin pensa que a maneira de vencer é quebrar a NATO”, disse Joe Biden, quando chegou à LITEXPO, em Vílnius, na Lituânia, para participar na Cimeira da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO).

Ladeado pelo secretário-geral da organização, o Presidente dos Estados Unidos da América apelou para que a “NATO continue unida”, congratulando-se por Jens Stoltenberg continuar em funções, até Outubro de 2024.

“Ninguém conhece a situação em que estamos melhor do que você”, referiu, cumprimentando o secretário-geral da Aliança Atlântica.

A cimeira da NATO, que começou hoje na Lituânia, está centrada no apoio à Ucrânia contra a invasão russa e na adesão da Suécia à Aliança Atlântica, bem como no reforço dos meios militares dos aliados contra futuras ameaças.

O reforço das capacidades de dissuasão e defesa da Aliança é um dos principais temas da cimeira, que junta os 31 actuais membros para analisar uma revisão do modelo de organização militar e novos planos regionais – um plano cuja relevância foi fortalecida pela invasão russa da Ucrânia iniciada em Fevereiro do ano passado.

A cimeira servirá para discutir ainda o reforço do investimento dos aliados, para dar resposta a este plano, bem como para suprir as necessidades da Ucrânia no seu esforço de guerra.