Desporto

Selecção Nacional de futebol para amputados exercita detalhes tácticos na Cidadela

armandomaquengo
Ago 17, 2022

A recuperação rápida para a reorganização do sector defensivo e as saídas para a construção das acções de ataque ocupam, a Selecção Nacional de futebol para amputados, no Estádio da Cidadela, em Luanda, na sequência da preparação para a disputa da 16ª edição do Campeonato do Mundo, de 30 de Setembro a 10 de Outubro, na cidade de Istambul, Turquia.

A primeira parte da sessão de treino, segundo JA, é dominada pelos exercícios com bola, para a conservação da condição física individual dos atletas.

Depois da exercitação para o aquecimento colectivo, os campeões do mundo serão divididos em dois grupos para a realização dos ensaios das etapas de jogo.

Na quinta-feira, às 8h00, o grupo treina no Estádio Municipal dos Coqueiros, na Baixa de Luanda, para aprimorar os aspectos técnicos e tácticos. No sábado, às 8h00, a Selecção Nacional disputa um desafio de treino contra a equipa do 1 de Junho de Viana, na Cidadela, para o técnico Cheto Baptista observar a postura dos atletas durante as fases de jogo.

Os campeões mundiais concentram-se na cidade do Huambo, no dia 25 deste mês, onde ficam até 12 de Setembro.

Para competir no evento, em Istambul, a Selecção Nacional começou a preparação no dia 27 de Junho, na Cidadela, com um grupo de 25 atletas.

No dia 16 de Julho, o técnico Cheto Baptista dispensou das sessões de treino o guarda-redes Joaquim Mandenzo, do Misto do Bié, o defesa Kapolo Manuel (Misto do Cuanza-Norte) e o médio Aurélio Lumbo (Bié).

Na segunda semana deste mês, o corpo técnico da Selecção Nacional afastou o defesa Jerónimo Benedito (Misto do Huambo), os meio-campistas Hilário Capolo (Benguela) e Marcelino Alfredo (1 de Junho de Viana).

Actualmente, antes da deslocação para a cidade do Huambo, o corpo técnico está a trabalhar com os guarda-redes Jesus Mateus, Sebastião Cacumba, José Maria, e Lilito Augusto; os defesas Paciência Félix, Francisco Amaro, Celestino Elias, Rocha Manuel e Gabriel Passabem; os médios Laurindo Lucamba, Hilário Cufula e Jesus Morais e os dianteiros Sabino António, José Candeeiro, Lucas Fungula, Pedro Victor, João das Dores Chiquete, Heno Guilherme e Alberto Adelino.

Deste grupo, Cheto Baptista vai afastar quatro jogadores para levar apenas 15 atletas para o palco do Mundial. Angola está no Grupo F, ao lado das selecções nacionais do Uruguai, Iraque e Itália.

Na primeira jornada, a Selecção Nacional enfrenta a congénere do Uruguai, na capital turca. Os campeões do mundo fecham a primeira fase da competição, no dia 3 de Outubro, diante da selecção da Itália. Na edição anterior do Mundial, disputado no México, os angolanos venceram os italianos, por 2-0, na cidade de Guadalajara.