Saúde

Tuberculose: Tratamento aumenta nas unidades sanitárias

joaquimjose
Nov 29, 2022

Cerca de trezentos e 95 pacientes com tuberculose iniciaram o tratamento de seis meses, no terceiro trimestre deste ano, em unidades sanitárias da província Cunene, mais 24 em relação ao igual período de 2021, avançou a hoje Angop.

O aumento deve-se às acções de consciencialização da população sobre os sintomas e a importância pela procura contínua dos serviços de saúde, para o diagnóstico e tratamento da doença.

De acordo com agência, a supervisora do Programa de Combate à Tuberculose no Cunene, Ricardina de Assunção, realçou que durante o período registou-se 12 óbitos, mais cinco que o igual período anterior.

A responsável fez saber que no decorrer do período, 82 pacientes ficaram curados e 92 abandonaram o tratamento antes dos seis meses, ao notarem melhorias.

Lembrou que os doentes não devem abandonar o tratamento, visto que o programa dispõe de fármacos suficientes e que são entregues regularmente para se evitar recaídas e agravar a saúde dos pacientes.

Ricardina de Assunção sublinhou que o programa está a trabalhar com as igrejas e autoridades tradicionais, no reforço das acções de sensibilização da população sobre as vantagens de completar a dose do tratamento.

Cunene conta com 146 unidades sanitárias, das quais 27 destinadas ao tratamento da tuberculose, nos municípios do Cuanhama, Ombadja, Namacunde, Curoca, Cuvelai e Cahama.